Sem categoria

Eu sei que não muda nada, mas chorei.

Porque tenho uma filha e gostaria de dar a ela a oportunidade de escolher as próprias roupas.

Porque tenho dois filhos e morreria de desgosto de se eles não souberem lidar com a sensualidade que uma mulher bonita emana naturalmente.

Porque eu vou morrer um dia e não gostaria de deixar a eles um mundo no qual humilhação pública é culpa da vítima e ser chamada de “puta” e “veado” é uma afronta à dignidade deles como seres humanos.

E principalmente, chorei porque estou me sentindo impotente…

Vida de merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *